Itagimirim é notificada pela Caixa Econômica Federal e prefeito Luizinho compromete-se a pagar mais uma dívida herdada de gestões passadas

Itagimirim é notificada pela Caixa Econômica Federal e prefeito Luizinho compromete-se a pagar mais uma dívida herdada de gestões passadas

- in Destaques
0
Share Button

1596802530catsMais uma conta alta, atrasada sem pagamento desde 2015, recaiu sobre a atual administração do governo de Itagimirim.

Em reunião com o prefeito daquela cidade, Luizinho (PODEMOS), a Caixa Econômica Federal informou que o valor de cerca de R$300 mil corresponde a empréstimos consignados, compensados das folhas de pagamento dos servidores da prefeitura, mas não repassados ao banco credor.

O montante de R$ 300 mil trata-se apenas do capital. Juros, multas, custas de processo judicial elevam esse valor a cifras altamente superiores mas ainda não contabilizadas e emitidas, formalmente, pelo banco.

A dívida gerou inúmeras penalidades como a negativação do nome desses trabalhadores e restrição do município a linhas de crédito, programas e serviços oferecidos pela Caixa ou mesmo utilização de recursos liberados para investimento público. Não bastasse isso, Itagimirim ainda responde a processos federais na justiça.

Mostrando que responsabilidade e honestidade são algumas das principais características do atual governo do município, Luizinho afirmou que arcará com mais essa “conta que chegou”.

“Nossa equipe de governo já estuda uma forma legal e fiscal de solucionar mais este problema financeiro que não foi feito por nós, mas que recaiu, mais uma vez, sobre nossa gestão. Poderíamos fazer vistas grossas e assim como as administrações passadas, ‘empurrar’ e não pagar. Mas queremos um governo transparente, limpo e organizado para termos condições, realmente, de fazer com que a nossa cidade cresça e se desenvolva. Estamos aqui para e iremos resolver de maneira a prejudicar o mínimo possível o desenvolvimento da cidade!”, enfatizou, de maneira firme, o jovem prefeito Luizinho.

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *